Pular para o conteúdo
Início » Notícias » Após grande escalada, Wilson Fernandes vence Sprint Race em Kyalami

Após grande escalada, Wilson Fernandes vence Sprint Race em Kyalami

#888 Aston Martin Vantage GT3, pilotado por Wilson Fernandes

Na ultima Sexta-feira (03/02), a Liga CVB realizou seu primeiro evento no simulador Assetto Corsa Competizione do ano de 2023: uma Sprint Race de 60 minutos no circuito de Kyalami, onde não faltou emoção durante a prova!

Começando pela sessão de classificação, houve um cenário um tanto curioso: alguns dos pilotos concordaram em fazer um “acordo de cavalheiros” para largarem diretamente do fundo do grid, aumentando a chances de disputa durante os 60 minutos de corrida. Mas isso não nos impediu de ter uma disputada classificação, com a Pole Position sendo conquistada por Danilo Salarolli, piloto da Oak Racing Team, com um tempo de 01:41.697, seguido por Thiago Mota, fechando a primeira fila, e Lucas Mind em terceiro lugar. Confira o resultado completo da classificação aqui.

#85 BMW M4 GT3, pilotada por Danilo Salarolli

Os 60 minutos de bandeira verde

#888 Aston Martin Vantage GT3, pilotado por Wilson Fernandes e #24 Porsche 911 GT3, pilotado por Stefan Paladini

Já na corrida não faltaram disputas e trocas de tinta após uma largada tranquila e sem muitos sustos. Thiago Mota assume a liderança antes mesmo da curva 1 para fazer uma sequencia de voltas que parecia segura, mantendo uma distância estável de Danilo Salarolli. Este que se manteve na segunda posição na busca de retornar ao degrau maior do pódio.

Porém, não demorou muito para o grid se bagunçar: em um erro na penúltima curva, o líder Thiago Mota acabou por perder o controle do carro e adentrar a Pit Lane. Sem outra opção, o que poderia ser uma acidental tentativa de undercut acaba se transformando em uma penalidade de Stop & Go ao exceder a velocidade na saída dos boxes. Como resultado, Thiago acabou por cair para a décima oitava posição, tendo que fazer uma prova de recuperação a partir deste momento.

Enquanto na parte de cima do grid estava mais calma, o meio do pelotão estava cheio de disputas, com pilotos como Gabriel Felipe, Stefano Paladini e Wilson Fernandes escalando o pelotão. Alguns dos pilotos optaram por estratégias diferentes, como Gabriel Felipe, que logo no começo da prova já realizou sua parada obrigatória para ter pista livre em frente. Enquanto outros pilotos optavam por realizar uma parada mais tardia, como Luciano Junior e Herbert Johens, por exemplo.

Mas sem dúvidas a estratégia que mais se diferenciou do resto do grid foi a de Danilo Salarolli, que mesmo após perder a liderança ainda na primeira volta retornou à primeira posição após o erro de Thiago Mota, optou por um primeiro stint mais longo, realizando sua parada na parte final da corrida. Tal estratégia não se provou funcional, visto que o piloto saiu dos boxes na quarta posição, e terminou se ausentando do pódio ao final da corrida.

E enquanto tudo isso acontecia, Wilson Fernandes, Stefano Paladini e Gabriel Felipe faziam sua escalada pelo pelotão, ao final da prova terminando na primeira, segunda e terceira posição, respectivamente. Wilson Fernandes conquistou o degrau mais alto do pódio após uma disputa com Stefano Paladini. Enquanto isso, Gabriel Felipe apenas mantinha seu ritmo e esperava por uma disputa entre os 2 primeiros, que não aconteceu, e o piloto acabou ocupando o último lugar do pódio. Confira o resultado completo da corrida aqui.

Melhores Momentos! Comente no Instagram clicando aqui!
%d